Eco-Dicas para Hotéis

Eco-eficiência e eficiência energética

  • Economize toalhas e lençóis. Sugerir aos hóspedes a opção de não ter as toalhas trocadas diariamente, para economizar água e energia. Trocar uma vez a cada 3 dias já está de bom tamanho. O mesmo vale para os lençóis.
  • Limpe ou troque os filtros do seu ar condicionado com frequência.
  • Troque suas lâmpadas incandescentes por fluorescentes. Lâmpadas fluorescentes gastam 60% menos energia que uma incandescente e duram mais tempo. Mas atenção: lâmpadas fluorescentes contém metais pesados, portanto exigem maior atenção no descarte.
  • O uso sistemas automáticos de controle de iluminação e equipamentos reduz em 30% o consumo de energia.

Ar-Condicionado

  • Atenção à escolha do sistema de ar condicionado. Evite a instalação de equipamentos que usam HFCs (são gases que não atacam a camada de ozônio como o Freon, mas possuem um Potencial de Aquecimento Global de mil a 10 mil vezes mais forte que o CO2).
  • Já existem gases ecológicos, como o R-134A, totalmente neutro em relação ao efeito estufa.
  • O vazamento desses gases pode acontecer quando o manuseio é feito de forma inadequada durante a instalação, manutenção ou desativação dos equipamentos e sistemas.
  • Se o hotel possui um sistema central, atenção redobrada aos vazamentos nos dutos de distribuição.

Resíduos

  • É essencial separar o lixo orgânico, lixo reciclável e lixo não-reciclável.
  • O lixo orgânico pode ser transformado em adubo orgânico para hortas, jardins e plantas.
  • Certifique-se que o lixo reciclável têm o fim apropriado pelas cooperativas e empresas que coletam no local.
  • O lixo não-reciclável é destinado aos lixões e aterros sanitários. Lixões são proibidos e a maioria dos aterros sanitários são inadequados. Portanto, certifique-se de que o problema do lixo será realmente resolvido pelas organizações que recebem os resíduos de sua organização.
  • Esse singelo e importante critério também é válido e suficiente para os efluentes líquidos, vulgo esgoto.

Reduzindo os impactos indiretos

  • Compre alimentos produzidos na sua região. Fazendo isso, além de economizar combustível, você incentiva o crescimento da sua comunidade, bairro ou cidade.

Eco-Dicas para Eventos

Transportes

  • Priorize viagens aéreas com o mínimo possível de escalas.
  • Ofereça facilidades de transporte coletivo aos participantes do evento, reduzindo o número de veículos individualizados.

Resíduos

  • Um dos impactos mais visíveis em eventos é a quantidade de lixo gerada. Eliminar o lixo gerado deve ser um objetivo dos organizadores.
  • Priorize o uso de louças: sirva café em xícaras e não em copos descartáveis, água em jarros e copos de vidro e não em garrafas ou copos descartáveis. Isso pode reduzir aproximadamente 150 gramas de lixo plástico.
  • Utilize açúcar e adoçante a granel. O uso de saches gera lixo e desperdício de produto.
  • Evite a distribuição de materiais impressos de divulgação. Tecnologias digitais estão cada vez mais acessíveis e podem ser até mais baratas dependendo do volume de materiais distribuídos durante o evento.
  • Realize parcerias com empresas ou cooperativas de coleta seletiva para que o lixo gerado no evento seja recolhido e reciclado.